Escola do Dioclécio Artuzi deve ser inaugurada no 2º semestre

 
13/04/2018 13h38

A Escola Estadual Moacir Djalma Barros, que está sendo construída no bairro do Dioclécio Artuzi, poderá ser inaugurada no segundo semestre. A afirmação é do deputado federal Geraldo Resende (PSDB-MS), que esteve no canteiro de obras na semana passada. De acordo com o parlamentar, a escola está com 90% das obras executadas. O parlamentar acredita que dentro de 50 dias a estrutura seja concluída, mobiliada e com o quadro funcional.

"Essa é mais uma unidade escolar das várias que conquistamos para Dourados ao longo do nosso mandato. Eu fico muito feliz em saber, que apesar dos contratempos e atrasos nessa construção, nossa equipe, juntamente com o Estado, não mediu esforços para superar os desafios e tornar esse sonho realidade", destaca.

Segundo Geraldo a escola vai garantir atendimento para alunos que hoje estudam em unidades longe de casa. "Nosso objetivo é dar esperança de um futuro melhor para as crianças, através da Educação, que foi o instrumento que possibilitou que eu, um menino pobre, que vendia picolé nas ruas de Dourados para ajudar no sustento da casa, pudesse realizar o sonho de ser médico e deputado federal. É com essa história de luta e com o meu trabalho em prol da Educação que quero ajudar as famílias a voltar a sonhar como a minha família um dia sonhou", destaca.

Denominação No último dia 10 o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) sancionou a Lei 5.176, de autoria do deputado estadual José Carlos Barbosa, que denomina a escola como "Vereador Moacir Djalma Barros", que dedicou a vida pelo desenvolvimento de Dourados. De acordo com o projeto de lei, em 1966, Moacir foi eleito vereador e presidente da Câmara. Sua vida foi marcada pela luta em prol de construções de escolas nos distritos e na zona rural. Ele foi fundador da Associação de Moradores da Vila Santo André e presidiu a realização da campanha para a construção da Capela naquele bairro.

Desde 2008 As gestões pela construção das novas escolas vem desde 2008, quando Geraldo Resende encomendou levantamentos sobre o déficit escolar nas diversas regiões de Dourados e de outros municípios de Mato Grosso do Sul. O objetivo é suprir a demanda por vagas no ensino médio, principalmente em localidades com grande número de crianças e jovens que concluem o ensino fundamental e têm que se deslocar grandes distâncias para dar continuidade aos estudos. Entre as demais ações para Dourados, o parlamentar contabiliza os recursos para a reconstrução da Escola Presidente Vargas e da Escola professor José Pereira Lins, no Jóquei Clube, a Escola Estadual Rita Angelina Barbosa Silveira, na Vila Roma, a Escola Estadual Joaquim Vaz de Oliveira, em Indápolis, a construção do Centro Estadual de Educação Profissional, a implantação do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul, a reconstrução da Escola Indígena Guateka, entre outros.

**Próximas ** Devem ser inauguradas nos próximos dias, duas salas de aula concluídas na Escola Castro Alves, que já estão em funcionamento, três salas de laboratórios na Escola Ramona Pedroso e uma quadra coberta da Escola Menodora Fialho de Figueiredo. O Governo do Estado deve lançar ainda a reforma da Escola Antônia da Silveira Capilé e uma reforma da Escola Maria da Glória Muzzi Ferreira.

 

Gabinete em Brasília - DF
Anexo IV - Gab 905 - CEP. 70160-900
Tel: (61) 3215-5905 - (61) 3215-3905
Fax: (61) 3215-2905
Email: dep.geraldoresende@camara.gov.br

Escritório em Dourados - MS
Rua Dr. Nelson de Araújo, 30
CEP. 79804-040 - Jardim América (Centro) - Dourados - MS
Tel: (67) 3422-9292
Fax: (67) 3427-0908
Email: atendimento@geraldoresende.com.br