Dourados registra 513 acidentes e seis mortes em três meses

 
18/05/2015 15h21

Técnicos de planejamento urbano de Curitiba (PR) virão para planejar intervenções no trânsito de Dourados.

 
Trânsito de Dourados será debatido em seminário dos dias 19 e 20 de junho, com engajamento dos mais diversos segmentos. (Foto: Marcos Ribeiro) Trânsito de Dourados será debatido em seminário dos dias 19 e 20 de junho, com engajamento dos mais diversos segmentos. (Foto: Marcos Ribeiro)

Em três meses, a cidade de Dourados registrou 513 acidentes de trânsito. Os números, de janeiro a março, mostram aumento de 11% no número de acidentes com danos materiais. Somente março registrou 207 acidentes, contra 200 no mesmo período do ano passado. Ao todo, seis pessoas morreram este ano em Dourados vítimas de acidentes. Outras 320 ficaram feridas.

Para debater o trânsito de Dourados, a população douradense está sendo convocada para, nos dias 19 e 20 de junho, reunir-se com especialistas em planejamento urbano e discutir os problemas da cidade quanto ao uso de espaços públicos, bem como para apontar soluções a médio e longo prazo. Para tanto, o deputado federal Geraldo Resende está organizando, em parceria com a Câmara de Vereadores, o seminário “Mobilidade Urbana: Dourados que queremos”. O projeto visa “recriar” o modelo do trânsito de Dourados, que conta hoje com frota de mais de 130 mil veículos.

O seminário, que acontecerá no plenário da Câmara, já tem confirmadas as presenças dos palestrantes. No dia 19, a primeira apresentação será feita pelo arquiteto Luis Carlos Ribeiro, que vai abordar os principais problemas de mobilidade urbana registrados pela população. Na sequência, Darlo Reis, secretário nacional de Transportes e Mobilidade Urbana, do Ministério das Cidades, falará sobre os programas e ações do Governo Federal para o setor.

No dia 20 de junho o palestrante será o presidente do IPPUC (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba) Sérgio Povoas Pires, que vai abordar o reflexo que as intervenções de mobilidade urbana trazem na qualidade de vida das pessoas. O encerramento dos debates deverá ser feito pelo arquiteto e urbanista Ângelo Arruda.

Na sequência, a proposta é a elaboração de uma carta de intenções (propostas) visando à melhoria da mobilidade urbana em Dourados e, principalmente, a formação de um fórum permanente que ficará encarregado de debater pontualmente os diversos aspectos ensejados no seminário, bem como de promover periodicamente a rediscussão e apontar soluções inovadoras.

Preocupação

Na avaliação de especialistas, Dourados precisa discutir e encontrar respostas para os problemas da cidade, atualmente tem cerca de 200 mil habitantes e aproximadamente 130 mil veículos no trânsito. A expectativa é de que em 10 anos, 300 mil veículos disputem os espaços com pedestres, e outros meios de transporte.

“Temos que pensar nas futuras gerações e coletivamente fazer um amplo projeto pensando no bem estar dos nossos descendentes”, afirma o deputado Geraldo Resende, que está buscando parcerias de outras instituições na formatação do seminário.

Na avaliação do parlamentar, com o engajamento dos mais diversos segmentos, poderão discutidos temas como saúde, educação, infraestrutura urbana, transporte coletivo, acessibilidade, esporte e lazer, preservação ambiental, entre outros.

“Precisamos antever e corrigir distorções que possam gerar problemas gravíssimos como engarrafamentos; altos índices de acidentes e mortes no trânsito; pedestres e ciclistas cada vez mais sem espaços; desaparecimento dos córregos urbanos; gente estressada no trânsito, entre outros. O que queremos é uma cidade acolhedora e melhor para se viver”, destaca.

Fonte: O Progresso

 

Gabinete em Brasília - DF
Anexo IV - Gab 905 - CEP. 70160-900
Tel: (61) 3215-5905 - (61) 3215-3905
Fax: (61) 3215-2905
Email: dep.geraldoresende@camara.gov.br

Escritório em Dourados - MS
Rua Dr. Nelson de Araújo, 30
CEP. 79804-040 - Jardim América (Centro) - Dourados - MS
Tel: (67) 3422-9292
Fax: (67) 3427-0908
Email: atendimento@geraldoresende.com.br