Bataguassu

Os primeiros homens civilizados à fixar-se nas terras de Bataguassu, foram Manoel da Costa Lima e sua expedição, partindo de Campo Grande para estabelecer a ligação de Campo Grande e o Estado de São Paulo, conseguindo seu intento em 1.904, onde chegaram à foz do rio Pardo no rio Paraná, onde encontraram um local apropriado para um Porto Fluvial, e por ser aquele o dia 15 de novembro, batizaram-no como Porto XV de Novembro.

As primeiras famílias de colonizadores que aqui se fixaram em 1.906, foram as de Manoel da Costa Lima, sua esposa Dona Maria Luiza Nogueira, seus filhos: José, Luciano, Deocleciana, Laurentino, Ovídia, Theodomira, Eleanora, Izarina, Rogaciana e seu sobrinho Joaquim Cecílio e Lima. Estabeleceram-se primeiramente no lugar denominado Sapé, depois espalhando-se e iniciando-se abertura de novas fazendas, das quais a primeira recebeu o nome de "Fazenda Uerê".

Em 1.927 a Companhia de Viação São Paulo Mato Grosso, fundada pelo Coronel Diederichen, comprou de Manoel da Costa Lima, a concessão do Porto XV de Novembro, a lancha Carmelita, balsa que servia para travessia de boiadas e vinte léguas de terras.

Em 1932, Arthur Diederichen vendeu a Companhia de Viação São Paulo Mato Grosso, incluindo terras, embarcações, pousos de boiadas, armazéns, fazendas e direitos, ao Dr. JAN ANTONIN BATA, o qual conservou o nome da Companhia. O Dr. JAN ANTONIN BATA, nasceu na cidade de Zlim, na antiga Checoslováquia, onde era denominado "O REI DOS CALÇADOS", naquele país foi um grande industrial. Seu pai era o fundador das Industrias Bata e seu filho Jan foi seu continuador, ampliando suas fábricas em cinco continentes, culto e viajado dominava sete idiomas, perseguido pelos seguidores de Adolf Hitler, exilou-se nos Estados Unidos, de onde veio para o Brasil, onde em 1.941 já havia instalado uma indústria de calçados em Batatuba, no Estado de São Paulo, primeira cidade que fundou no Brasil.

Em 1.942, decidiu criar uma cidade nas terras que adquiriu de Diederichen, no espigão divisor das águas dos Córregos Guassu e Sapé, não muito distante do Rio Pardo, escolheu o local onde seria edificada a cidade de Bataguassu, Além do planejar o loteamento urbano da cidade, fez loteamento rural, construiu as primeiras casas destinadas à seus funcionários, armazém e um pequeno templo católico nele colocando imagens importadas e o primeiro pároco foi o Frei Luiz, montou uma serraria, cuja caldeira fornecia energia elétrica, montou uma cerâmica, leiteria e mais tarde uma granja, sendo portanto, o Dr. Jan Antonin Bata considerado o fundador de Bataguassu. Em 12 de maio de 1.945, Bataguassu foi escolhido para sede do então Distrito de Ivinhema, fazendo parte do município de Entre Rios, atual rio Brilhante.

Em 11 de Dezembro de 1.953, o então Governador de Mato Grosso - Dr. Fernando Correia da Costa, assinou a Lei 683, que elevou a vila à sede do Município, o qual tinha as mesmas divisas do Distrito de Ivinhema, abragendo as terras que hoje formam os municípios de Bataguassu, Anaurilândia, Nova Andradina, Bataiporã e Taquarussu, a partir desta data foi nomeado Prefeito de Bataguassu, o Sr. Ladislau Deák Filho.

Em 19.02.1.955, tomou posse como primeiro Prefeito eleito de Bataguassu o Sr. Enio Martins e seus sucessores foram: Lázaro Severino da Silva, Enio Martins, Adonel Elias Barbosa, Enio Martins, Odorilho Ferreira, Adonel Elias Barbosa, Ailton Pinheiro Ferreira, Dr. Antônio Machado de Souza, Ailton Pinheiro Ferreira, Dr. Antônio Machado de Souza e Ailton Pinheiro Ferreira.

Em 28 de maio de 1.966, foi instalada a Comarca de Bataguassu, com sede nesta cidade, sendo o primeiro Juiz de Direito designado como substituto, foi o Dr. José de Arimathéia Paiva, e o primeiro Juiz Vitalício o Dr. Benito Augusto Tiezze, e o primeiro Promotor de Justiça, o Dr. Marcelo de Ataíde.

O nome Bataguassu faz referência às indústrias de calçado Bata, do checoslovaco Jan Antonín Baťa, o rei dos calçados, que se estabeleceu no Brasil em 1932, fugido do partido nazista. Bata já havia fundado uma fábrica na cidade paulista de Batatuba em 1941 quando, em 1942, resolvera fundar outro município em terras matogrossenses compradas do coronel Artur Diederichen. Essas terras localizavam-se entre os córregos Guaçu e Sapé. Bata financiou posteriormente a fundação de Batayporã. Bataguassu possui 19.596 habitantes

Dados Gerais

A População Total do Município era de 19.596 de habitantes, de acordo com o Censo Demográfico do IBGE (2009).

Sua Área é de 2.416,72 km² representando 0,68 % do Estado, 0,15 % da Região e 0,03 % de todo o território brasileiro.

Seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,74 segundo o Atlas de Desenvolvimento Humano/PNUD (2000)

Área Territorial: 2.416,72 km²
Fonte: IBGE

Ano de Instalação: 1953
Microrregião: Nova Andradina
Mesorregião: Leste de Mato Grosso do Sul
Altitude da Sede: 329,00 m
Distância à Capital: 270,40 Km
Fonte: Atlas de Desenvolvimento Humano/PNUD

Veja imagens do município de Bataguassu

 
Praça dos Tucunarés em Bataguassú Praça dos Tucunarés em Bataguassú
 
Centro de Bataguassu Centro de Bataguassu
 
Busto do fundador da cidade, Jan Antonin Bata Busto do fundador da cidade, Jan Antonin Bata
 
Prefeitura de Bataguassu Prefeitura de Bataguassu
 

Atuação

Conheça as ações do deputado federal Geraldo Resende em Bataguassu:

 

Saiba Mais

Geraldo solicita prioridade aos núcleos do programa Segundo Tempo em MS

O deputado Geraldo Resende (PSDB) esteve reunido com o ministro do Esporte Leonardo Picciani, nesta quarta-feira (13). Na audiência, o parlamentar, além de solicitar investimentos em Dourados e Itaporã, também defendeu a priorização dos sete...

Região

Nova rodoviária de Bataguassu recebe recursos para concluir obras

Investimentos fazem parte de emenda do deputado Geraldo Resende no valor total de R$ 1,1 milhão.

AÇÃO PARLAMENTAR

Prosseguem obras de construção de novo terminal rodoviário em Bataguassu

Recursos para a obra são oriundos de emenda parlamentar do deputado federal Geraldo Resende, no valor de R$ 1,072 milhão, com contrapartida do Município de R$ 329 mil

TURISMO

Geraldo discute, com prefeito, obras do novo terminal rodoviário de Bataguassu

Deputado também recebeu o assessor de gabinete da Prefeitura de Água Clara, Semir Furquim, que entregou ofício assinado pelo prefeito Silas José, que solicita investimentos em infraestrutura, saúde, educação e esportes

AÇÃO PARLAMENTAR

Geraldo Resende cobra recursos para Mato Grosso do Sul no Ministério do Turismo

Parlamentar reforça pleitos para Dourados, Bataguassu, Três Lagoas e Aparecida do Taboado, Anaurilândia e Caarapó

Projeto

População conheceu detalhes do projeto da rodoviária de Bataguassu

A obra da rodoviária vai custar R$ 1,1 milhão, recursos garantidos pelo deputado Geraldo Resende através de uma emenda individual.

Obras

Geraldo e Caravina conquistam Rodoviária para Bataguassu

Recursos de R$ 1,1 milhão destinados pelo deputado Geraldo Resende foram aprovados esta semana pelo Ministério do Turismo

Obras

Em MS, 43 cidades recebem pacote de asfalto e saneamento

Deputado Federal Geraldo Resende (PMDB) destaca força da Bancada Federal para viabilizar os recursos. Presidente Dilma Rouseff anuncia pacote.

SANEAMENTO BÁSICO

Geraldo informa municípios sobre investimentos de R$ 93 milhões da Funasa

O deputado Geraldo Resende (PMDB) informou aos 33 prefeitos de municípios selecionados pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa) a receberem ações de saneamento básico.

Saúde

Equipamentos odontológicos chegam para 4 cidades de MS

Ao todo, os municípios do Estado receberão R$ 120.317,78, sendo que Bataguassu será contemplado com R$ 10.937,98; Campo Grande com R$ 76.565,86; Costa Rica com R$ 21.875,96 e Deodápolis com R$ 10.937,98. As cidades selecionadas cadastraram projetos...

Notícias

Bataguassu terá nova escola de ensino médio

Articulações do deputado federal Geraldo Resende junto ao governo do Estado e ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) garantiram a Bataguassu uma nova escola estadual. A unidade vai contar com 13 salas em terreno localizado à Rua...

Infraestrutura

Frente cobra rapidez em estudos de ferrovias

Deputado Geraldo Resende defende traçado alternativo e implantação da Ferrovia do Pantanal para tornar produção de MS competitiva.

Notícias

Geraldo pede agências do INSS no interior e bairro de CG

Geraldo quer Dourados, Mundo Novo, Iguatemí, Ribas do Rio Pardo, Chapadão do Sul e Nioaque em plano de expansão do INSS.

Samu

Nova Andradina e Bataguassu terão unidade do Samu/192

Geraldo Resende (PMDB) realizou interlocuções junto ao Ministério da Saúde para a inclusão dos municípios

1
 

Gabinete em Brasília - DF
Anexo IV - Gab 905 - CEP. 70160-900
Tel: (61) 3215-5905 - (61) 3215-3905
Fax: (61) 3215-2905
Email: dep.geraldoresende@camara.gov.br

Escritório em Dourados - MS
Rua Dr. Nelson de Araújo, 30
CEP. 79804-040 - Jardim América (Centro) - Dourados - MS
Tel: (67) 3422-9292
Fax: (67) 3427-0908
Email: atendimento@geraldoresende.com.br