Cassilândia

Os cronistas da época assinalam que, por volta de 1930, nas terras que hoje compõem o Município de Cassilândia, já se encontravam instalados diversos fazendeiros, entre os quais Antônio Paulino, Izaias Teixeira Borges e Evangelista Cândido de Oliveira, arrojados pioneiros e que se referiam àquelas paragens como Sertão dos Garcias.

Em 1931, procedente de Patrocínio, Minas Gerais, chegava Joaquim Balduíno de Souza se estabelecendo em terras devolutas, junto às propriedades já existentes. Em 1943, Joaquim Balduíno, mais conhecido pela alcunha de Cassinha, considerando a distância e as dificuldades para atingir os centros comerciais, idealizou a formação de um povoado que servisse de apoio para os fazendeiros que dia a dia se deslocavam para a região; procedendo a doação de um terreno a São José, onde seriam construídas uma praça e a igreja. A seguir procedeu a demarcação do terreno da praça e abertura da primeira rua que recebeu o seu nome.

A 15 de dezembro de 1944, procedente de Bonifácio, São Paulo, chegava o libanês Amim José, em companhia de sua família, construíndo a primeira casa em terras ainda pertecentes à Fazenda Salto, de propriedade de Cassinha. No mesmo ano, surgiu um botequim e uma pensão, dando-se assim início a formação do povoado. Com a chegada de novos moradores, Cassinha, percebendo o futuro da povoação, resolveu doar parte de sua falenda para permitir a expansão do Patrimônio, que teve a denominação de São José.

Posteriormente, em homenagem a Cassinha, tomou a denominação de Cassilândia. Em março de 1946, foi instalada a primeira escola, tendo sido nomeada professora a Sra. Aidê Amin.

Cassilândia se desenvolvia a largos passos, quando Cassinha, que a par de suas atividades agropecuárias, explorava um serviço de balsas para a travessia do Rio Aporé, foi barbaramente assassinado por desconhecidos. Coube então a Sebastião Leal, amigo e colaborador de Cassinha, dar continuidade à sua obra.

Em 1948, foi criado o Distrito de Cassilândia sendo eleito Juiz de Paz o cidadão Eduardo Pereira da Silva. O Cartório do Registro Civil, instalado em 1949, teve como primeiro titular Hermelinda Babosa Leal.

Em 1971, o gaúcho Júlio Martins, agricultor tradicional, sobrevoando a região dos chapadões do município, e tendo notado a excelente qualidade e o alto teor de fertilidade das terras, aterrissou na atual rodovia MS 306, a fim de proceder um exame mais minucioso da região. A seguir, adquiriu diversas glebas e trouxe inúmeras famílias do Rio Grande do Sul, passando a explorar, dentro de padrões técnicos elevados, a sojicultura, na área. O Chapadão dos Gaúchos, como passou a ser conhecida a região, produz uma média de 100.000 toneladas de soja por ano e se constitui num dos grandes celeiros do Estado de Mato Grosso do Sul.

O Topônimo do município é uma homenagem a Joaquim Balduíno de Souza, conhecido pela alcunha de Cassinha, um dos fundadores da Cidade de Cassilândia e doador da área que constituiu o rocio da cidade.

Dados Gerais

A população total do município era de 21.677 habitantes, de acordo com o Censo Demográfico do IBGE (2009).

Sua Área é de 3.649,83 km² representando 1,02 % do Estado, 0,23 % da Região e 0,04 % de todo o território brasileiro.

Seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,78 segundo o Atlas de Desenvolvimento Humano/PNUD (2000)

Área Territorial: 3.649,83 km²
Fonte: IBGE

Ano de Instalação: 1954
Microrregião: Cassilândia
Mesorregião: Leste de Mato Grosso do Sul
Altitude da Sede: 470,00 m
Distância à Capital: 338,45 Km
Fonte: Atlas de Desenvolvimento Humano/PNUD

Veja imagens do município de Cassilândia

 
 
Zona rural de Cassilândia
 
Praça na cidade
 

Atuação

Conheça as ações do deputado federal Geraldo Resende em Cassilândia:

 

Saiba Mais

Saúde Pública

Cassilândia terá moderno raio X viabilizado por Geraldo Resende

O Governo do Estado depositou nesta quarta-feira (20), na conta bancária da Prefeitura de Cassilândia o valor de R$ 200 mil aquisição de um raio X. O valor é referente a uma contrapartida de emendas viabilizadas pelo deputado Geraldo Resende...

AÇÃO PARLAMENTAR

Geraldo alerta municípios sobre prazos para apresentação de documentos à União

municípios, Ministério da Integração Nacional

SANEAMENTO BÁSICO

Geraldo informa municípios sobre investimentos de R$ 93 milhões da Funasa

O deputado Geraldo Resende (PMDB) informou aos 33 prefeitos de municípios selecionados pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa) a receberem ações de saneamento básico.

Imprensa

Ministério habilita oito municípios a receberem academias da saúde

O Governo Federal habilitou, nesta quarta-feira (27), oito cidades para recebere incentivo para construção de polos do programa ‘Academia da Saúde’. Os projetos já foram cadastrados pelas Administrações Municipais e o valor de cada unidade...

Governo Federal paga R$ 350 mil em obras para MS

O Ministério das Cidades creditou, nesta terça-feira, 06, na conta das administrações municipais de Bonito, Aparecida do Taboado, Cassilândia e Nova Alvorada do Sul, R$ 346.383,58 como pagamento referente a obras em andamento de drenagem e...

Notícias

Governo Federal paga R$ 963 mil a 16 cidades de MS

Dezesseis municípios de Mato Grosso do Sul estão recebendo recursos que somam R$ 963.416,77 para o pagamento de obras que estão em execução e que já passaram por medição da Caixa Econômica Federal. O pagamento aconteceu nesta sexta-feira (9),...

1
 

Gabinete em Brasília - DF
Anexo IV - Gab 905 - CEP. 70160-900
Tel: (61) 3215-5905 - (61) 3215-3905
Fax: (61) 3215-2905
Email: dep.geraldoresende@camara.gov.br

Escritório em Dourados - MS
Rua Dr. Nelson de Araújo, 30
CEP. 79804-040 - Jardim América (Centro) - Dourados - MS
Tel: (67) 3422-9292
Fax: (67) 3427-0908
Email: atendimento@geraldoresende.com.br